Home / Cidade / PCCV pode ter tramitação suspensa na Casa de Leis

PCCV pode ter tramitação suspensa na Casa de Leis

Executivo analisará o pedido feito pelos representantes do Sismar

 

Na tarde da segunda-feira (3), a Câmara realizou nova reunião com os representantes do Executivo a fim de debater sobre a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) do funcionalismo municipal da (Prefeitura, Educação e Departamento Autônomo de Água e Esgotos).

Desta vez, os representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e região (Sismar) também participaram, e aproveitaram a reunião para pontuarem as reivindicações que a corporação tem recebido dos servidores. Segundo Agnaldo Andrade, diretor do sindicato, é necessário bastante cuidado para a elaboração do projeto, uma vez que os embates são muitos e as consequências podem ser prejudiciais a milhares de funcionários. “Uma decisão errada agora pode trazer sérios prejuízos no futuro. O sindicato trabalha de modo a assegurar os direitos dos servidores e faremos o possível para a elaboração de um PCCV justo.”

Do outro lado, o coordenador de negócios jurídicos do município, Ernesto Esteves, ressaltou que o projeto tem como objetivo evitar uma crise financeira nos próximos anos. “É exatamente a fim de evitar impactos negativos no futuro que estamos trabalhando. A nossa gestão termina, mas o servidor continua, e seu salário precisa estar em dia.”

As novas resoluções para o abono de faltas bem como para as gratificações geraram polêmicas, e os representantes do Sismar pediram para que o projeto fosse novamente analisado entre a prefeitura e os Comitês responsáveis e que não tramitasse na Câmara enquanto não houvesse acordo entre as partes. O chefe de gabinete da Prefeitura, Alan Silva, comprometeu-se a analisar o pedido.

Enquanto a solicitação é examinada pelo Executivo, os parlamentares seguem o estudo do projeto para a elaboração das devidas considerações. A expectativa é que até a quinta-feira (20) seja definido se o PCCV segue tramitando na Casa de Leis.

Ao final, ficou agendada reunião para a próxima quarta-feira (5), às 16 horas, no Plenarinho da Câmara, para que o Executivo, vereadores, Sismar e Ministério Público voltem a deliberar sobre o Substitutivo do PDV – Plano de Demissão Voluntária.

 

Confira as fotos no Flickr da Câmara: https://flic.kr/s/aHsmrRYTpH

Compartilhe

Leave a Reply